ALONGAMENTO

Quando você está em viagem, lembra nas paradas para abastecer a moto, além de ir ao banheiro e tomar um café, de fazer alongamento?

Pode parecer “bobagem”, ou “perda de tempo”, mas não é.

Experimente, faz bem tanto para o piloto como para garupa, alongar, não vai te “roubar” mais de 10 minutos e você verá o ganho que terá nos próximos quilômetros rodados.

Alongamento da musculatura posterior do pescoço: de pé, entrelace os dedos das mãos sobre a nuca e force o queixo em direção ao peito. Mantenha os pés na mesma linha dos ombros.

Alongamento-1

Alongamento da musculatura anterior do pescoço: pegue os dois dedos polegares, feche as mãos, deixe os dedos abertos e os encoste embaixo do queixo, empurrando a cabeça para trás. Olhe para cima.

Alongamento-2

Músculos laterais do pescoço: Com os pés paralelos, coloque a mão esquerda no lado direito da cabeça, puxando-a para o lado oposto para alongar toda a parte direita. Incline o máximo como se quisesse tocar a orelha no ombro.
Em seguida, faça o mesmo exercício mas do lado oposto.

Alongamento-3

Alongamento dos flexores e extensores de braço: é uma parte fundamental para os motociclistas, pois se encarrega dos movimentos do guidão, acelerador e freio. De pé, estenda a mão para frente, pegue nas costas dela, mantendo o cotovelo reto. Puxe para baixo e sinta a musculatura. No mesmo movimento, você vai colocar a palma da mão para cima, vai puxar para baixo pela ponta dos dedos, mantendo o cotovelo sempre reto. Isso serve para sentir o antebraço esticar, uma musculatura que se usa bastante para aceleração e desaceleração da motocicleta. Faça nas duas mãos.

Alongamento-4

Alongamento dos ombros: Lado direito: eleve o braço direito como se fossa passar a mão por trás da cabeça. Em seguida segure no cotovelo com a mão contra lateral, puxando-a nesta direção.
Em seguida repita o exercício com o ombro esquerdo.

Alongamento-5

Alongamento dos extensores e flexores de pé: pegue no peito do pé ou na ponta dos dedos, o que é o ideal, encoste o calcanhar no glúteo (nádega), joelho com joelho (alinhados), puxe alongando. A outra perna fica levemente flexionada para não forçar a articulação do joelho. Repita com a outra perna.

Alongamento-6

Alongamento da musculatura dorsal: Mantenha os pés juntos e desça lentamente tentado tocar as pontas dos dedos nos pés. Abaixe até o seu limite e mantenha esta postura por cerca de 20 a 30 segundos. Em seguida levante devagar, apóie as mãos na cintura e incline o máximo possível para trás mantendo também por cerca de 20 a 30 segundos.

Alongamento-7

Faça, quantas vezes julgar necessário durante a pilotagem. Cada alongamento deve ser feito durante pelo menos 20 a 30 segundos. Os movimentos durante o alongamento devem ser feitos até o limite de sentir um leve desconforto mas não deve provocar dor.

Adaptado do texto de RÔMULO PROVETTI | 07 MARÇO 2011

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *