Posso levar tudo?

Olá amigas de Garupa!!!

Hoje gostaria de contar para vocês sobre a minha primeira viagem de moto.

Roteiro escolhido: Parque Nacional dos Aparados da Serra, Gramado e Canela. Nada mal para começar heim??!!!!
Depois de decidido o roteiro a empolgação foi total. Hora de separar o que levar… lá fui eu, separei em cima da mesa – mais ou menos – três pilhas de roupas, secador, cremes, shampoo e `alguns` calçados.

Hora de arrumar a bagagem, fui informada que eu poderia levar tudo …
… o que coubesse em um baú lateral. Pânico total!!!!
Imagine uma mulher tendo que decidir antecipadamente que roupas iria usar e fazer as combinações? …e se chover? …esfriar? …esquentar?
Confesso que me senti perdida! Mas aí contei com a experiência do meu piloto, que me deu dicas valiosas!
Hoje, já me viro sozinha, sei que uma calça jeans é o suficiente para toda a viagem, bem como uma bermuda e três blusas básicas (isso é o mínimo, quase o máximo, rsrsrs).

– A dica é levar alguns acessórios, que utilizam pouco espaço e não deixam nossa vaidade na mão.
– Lenços e colares estão valendo.
– Opto sempre por tecidos que secam com maior rapidez.
– Separo duas blusas, tipo segunda pele para usar durante toda a viagem embaixo da jaqueta, são muito práticas e podem ser lavadas diariamente até mesmo na pia do banheiro do hotel pois secam rápido.
– Outra dica legal é a questão de shampoos e cremes de cabelo, você não precisa deixar de levar o seus preferidos, basta adquir sachês. Tudo que você puder ir juntando em miniatura melhor (filtro solar, perfume, creme hidratante, repelente, escova de cabelo, creme dental, escova de dente, maquiagem …) pois cabem até dentro dos calçados que você vai levar.

Na hora de arrumar as roupas o ideal seria utilizar bolsas internas, para evitar em caso de acidentes com os baús, que vocês precisem sair catando roupas íntimas estrada a fora.

Deixar o que você utiliza com mais frequência em cima também ajuda, evita ter que refazer “a mala” a todo o instante.

Atualmente contamos com roupas especiais para motociclistas, feitas com materiais leves, tanto para o calor, como para o frio e como passamos a maior parte do tempo na moto, realmente não necessitamos de tanta roupa assim.

Tudo é uma questão de criatividade e prática.

O mesmo vale para calçados, uma havaianas é sempre indispensável para descansar o pé sufocado o dia todo pela bota.

Se for fazer passeios que exijam caminhadas um tênis ou `uma` bota vão bem. Escolha mais um calçado do seu estilo e pronto, CHEGA!.

Na hora de arrumar a bagagem no baú, procure organizar de uma maneira em que todos os espaços sejam bem utilizados, dobre as roupas poucas vezes, isso dará menos volume.

Se você tiver paciência e criatividade, verá que poderá levar o mínimo necessário para deixar qualquer mulher feliz. Já voltei de viagens com roupas que nem cheguei a usar e estou sempre em constante aprimoramento de técnicas novas para arranjar espaço.

_ Compras: Essa dica poucos maridos gostam, mas é válida.
Se você não resiste a uma comprinha, e, ouve do maridão que – não vai ter espaço – não tem problema, afinal, para que serve o serviço dos correios não é mesmo?

Lembre-se também do exercício de desprendimento, não se apegue muito aos detalhes, seja prática e curta ao máximo seu passeio.

Confrariadoslobos_opiniao

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>